Mulher Aspirina


Mal do dia seguinte
fevereiro 7, 2010, 11:01 pm
Filed under: Blog, Comportamento, Cotidiano, Imagens, Medicina

Beber além da conta e sofrer os desprazeres do dia seguinte. Isso te parece familiar? RESSACA, o mal do dia seguinte. Toda aquela sensação de mal-estar, tontura, enjôo, moleza no corpo, cabeça explodindo e uma sede quase insaciável, fazem você acreditar que nunca mais vai beber novamente.

Beber além da conta e sofrer os desprazeres do dia seguinte. Isso te parece familiar? RESSACA, o mal do dia seguinte. Toda aquela sensação de mal-estar, tontura, enjôo, moleza no corpo, cabeça explodindo e uma sede quase insaciável, fazem você acreditar que nunca mais vai beber novamente.

Seu corpo está debilitado, tudo porque nosso organismo gasta energia (glicose) para metabolizar o álcool. Glicose é açúcar e açúcar é energia, por isso ficamos fracos.

O excesso de álcool atinge o sistema nervoso central, provoca sono, irritação, dor de cabeça, irrita o aparelho digestivo (as mucosas de absorção), causando diarréia, náuseas, vômitos e também inibe a ação do hormônio antidiurético, causando sede e aquela sensação de boca seca.

O prejuízo não pára por aí. Quando bebemos excessivamente estamos mais propensos ao ganho de peso e acúmulo de gordura, principalmente na região abdominal (barriga de chope).

Nos casos mais graves o excesso de álcool causa dependência trazendo consigo outras complicações muito mais graves como o diabetes (tipo 2), úlcera no estômago, hepatite, depressão, lesão nos rins, etc. Assunto para outro texto.

Hoje o objetivo é driblar a ressaca. Segredinhos sóbrios.

Evitando

  1. Beber moderadamente, esse é o trunfo!
  2. Alimentar-se bem antes de qualquer bebedeira é fundamental. Tudo porque quando comemos e ficamos de “barriga cheia”, os alimentos dificultam a difusão do álcool para o intestino, onde ele é rapidamente absorvido, diminuindo a absorção pela corrente sanguínea e, consequentemente a sua chegada ao cérebro. Além do mais, barriga cheia não deixa muito espaço pra bebida.
  3. Diluir a bebida. Sim, use gelo! Outra dica é intercalar doses de bebidas alcoólicas e não-alcóolicas. Pode ser refrigerante. Refrigerantes são ricos em açúcares ajudam a metabolizar o álcool. O suco é bem mais saudável.
  4. Petiscar é bom. Frituras são fonte de gordura, retardam a absorção do álcool bem como os carboidratos. Alimentos como o queijo, castanha, amendoim, salaminhos, torradas, patês e principalmente as carnes que são fontes de proteína e de sal, facilitam a digestão do álcool. Esses são uma boa pedida. Mas cuidado! Não exagere nos salgados, já que estes intensificam a sede, dessa forma aumentando a ingesta da bebida, a não ser que a opção seja água, isso é bom.
  5. Bebida com cigarros não combina. Veneno para o corpo. Quanto mais nicotina, menos oxigênio no sangue e mais rápido se dá o processo de intoxicação.
  6. Proteja seu fígado. É ele que fabrica a enzima que digere o álcool e, quando sobrecarregado, produz uma toxina que causa dor-de-cabeça. Uma dica que funciona: azeite de oliva extravirgem. Um dia antes, despeje uma colher de azeite numa torrada e adicione pitadas de sal, acredite, a iguaria fica comestível

Aliviando

  1. Como a principal causa da ressaca é a desidratação. Beba água! Principalmente antes dormir, dessa forma enquanto você dorme seu corpo descansa e metaboliza o álcool mas rapidamente. E quando fizer xixi, tome mais água. O xixi nessa hora elimina todo o álcool ingerido. Sucos de frutas cítricas (laranja, acerola, laranja, abacaxi) são excelentes fontes de vitamina C. bebidas isotônicas são ótimas, tipo Gatorade, repõem todos os sais e minerais perdidos, bem como água de coco, riquíssima em potássio.
  2. Evite o “cafezinho forte” para curar ressaca. Muita gente não sabe, mas o café é bebida diurética, vai te deixar mais desidratado do que está.
  3. Consuma alimentos de fácil digestão: verduras, frutas e muito líquido.
  4. Alguns medicamentos ajudam mas não resolvem o problema: analgésicos (contra dor-de-cabeça), antiácidos (contra a azia e antiemético (contra enjôos).
  5. As células do nosso cérebro ficam ultra-sensíveis depois de uma bebedeira, por isso que a luz e o barulho incomoda bastante. Descanse. Evite luz e barulho. Tudo que queremos e que o nosso corpo deseja é recuperar as energias perdidas.

Trago uma receita de vó para driblar a ressaca:

Suco de Cenoura

Ingredientes:

  • 1 cenoura
  • suco de 4 laranjas
  • 2 fatias de abacaxi
  • ½ maço de salsinha

Modo de Preparo:

  • Bata tudo no liquidificador e sirva, rende 4 copos.

1 Comentário so far
Deixe um comentário

[…] https://mulheraspirina.wordpress.com/2010/02/07/saudeebemestaropensador-selvagem-mal-do-dia-seguinte/É ele que fabrica a enzima que digere o álcool e, quando sobrecarregado, produz uma toxina que […]

Pingback por Mal do dia seguinte « Mulher Aspirina – alcool




Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: